Como Fazer Backup no WordPress

Se está a considerar a construção de um website, é provável que tenha ponderado a utilização do WordPress. Trata-se de um sistema de gestão de conteúdos (CMS) gratuito e de código aberto, com uma vasta biblioteca de modelos e plugins que permitem personalizar facilmente o seu website, mesmo para aqueles que não são designers web experientes. O WordPress é responsável por alimentar milhões de websites.

Neste contexto, exploraremos o processo formal de como fazer backup no WordPress, abordando o que deve ser incluído no backup, a maneira correta de executar o procedimento e onde armazenar essas cópias de segurança.

Importância do Backup no WordPress

O WordPress é suficientemente robusto para permitir a escalabilidade na sua plataforma. Contudo, após dedicar esforços à construção de um site, diversos eventos adversos, como exclusões acidentais, erros de servidor e ciberataques, podem ocorrer. Independentemente do tamanho do seu negócio ou blog, evitar a perda de dados é crucial. Assim, realizar backups é uma salvaguarda essencial para proteger uma das ferramentas mais vitais.

Distinção entre WordPress.org e WordPress.com

Ao optar por construir no WordPress, pode surgir confusão devido à existência de dois sites relacionados, diferenciados por um simples sufixo de domínio. Este artigo detalhará as diferenças entre o WordPress.org e o WordPress.com. Em resumo, o WordPress.org oferece maior personalização, permitindo a adição de análises próprias e a monetização do site, mas exige responsabilidade na hospedagem, backups e atualizações. Já o WordPress.com é mais direcionado para utilizadores menos experientes, oferecendo uma abordagem plug-and-play, embora com opções de personalização limitadas.

Hospedagem e backups podem parecer desafiadores, mas são gerenciáveis após a configuração adequada. Para os propósitos deste artigo, quando nos referirmos ao “WordPress”, estaremos tratando do WordPress.org.

Procedimento de Backup no WordPress

Ao realizar backup no WordPress, é crucial abordar dois componentes principais: os ficheiros e a base de dados.

  1. Ficheiros: Incluem os ficheiros principais do WordPress, plugins, ficheiros de tema, imagens e ficheiros enviados, ficheiros de código e páginas web estáticas.
  2. Base de Dados: Contém informações como utilizadores, postagens, páginas, links e comentários.

A maioria dos serviços de hospedagem realiza backup do servidor completo (ou seja, ficheiros e base de dados). No entanto, é recomendável também fazer backup independente dos dados.

Como Fazer Backup dos Ficheiros:

  • Verifique se o serviço de hospedagem oferece programas ou serviços para backup.
  • Assegure-se de que o site esteja sincronizado entre o servidor e um segundo local, como um disco rígido ou dispositivo de armazenamento conectado à rede (NAS).
  • Periodicamente, faça download e salve os ficheiros. O WordPress sugere o uso de clientes FTP ou habilidades Shell UNIX para essa tarefa.

Como Fazer Backup da Base de Dados:

  • Use o phpMyAdmin para simplificar o processo.
  • Selecione a base de dados do WordPress na interface do phpMyAdmin.
  • Na visualização da estrutura, clique em Exportar. Escolha Quick ou Custom, dependendo do controlo desejado.
  • Para maior controlo, escolha Custom e siga as instruções.

É possível facilitar esse processo usando plugins, sendo o UpdraftPlus e o XCloner duas recomendações destacadas.

Estratégia de Backup 3-2-1

Ao considerar quando e como realizar backups, adotar uma estratégia 3-2-1 é prudente. Essa abordagem preconiza manter três cópias dos dados em dois destinos locais distintos, com uma cópia dos dados em um local remoto. Armazenar backups em vários dispositivos e locais, incluindo a nuvem, minimiza o risco de perda de dados.

A Estratégia de Cópia de Segurança 3-2-1 – HomeServer.pt – Informática e Tecnologia
homeserver.pt

Escolha do Plugin de Backup do WordPress

Ao escolher um plugin, considere a capacidade de personalização, a possibilidade de agendar backups e a atenção à segurança. Verifique o número de instalações ativas e a última atualização do plugin para garantir que seja uma escolha sustentável a longo prazo.

Recomendações de plugins incluem UpdraftPlus e XCloner, ambos reconhecidos por seu desempenho confiável e recursos abrangentes.

Ao seguir essas diretrizes e melhores práticas, estará bem equipado para realizar backups eficientes e seguros no WordPress.

Deixe um comentário