Como Testar a RAM: Resolução de Problemas para Identificar Defeitos na RAM

A RAM é um dos componentes essenciais de qualquer computador. Quando começa a apresentar falhas, surgem problemas como crashes e questões de desempenho, mesmo quando se possui a melhor RAM disponível. Por vezes, a instabilidade na RAM pode não ser óbvia, tornando crucial o conhecimento de como testar a RAM.

A instabilidade varia em intensidade, e dependendo do grau de instabilidade na RAM, podem ocorrer diferentes problemas. Uma RAM ligeiramente instável pode resultar em um desempenho um pouco abaixo do esperado, ocasionalmente causando crashes. Aumentando a instabilidade, observam-se mais problemas de desempenho e mais ocorrências da Tela Azul da Morte (BSOD). Por exemplo, a mensagem de erro BSOD “page fault in non-paged area” é um indício de instabilidade na RAM.

Diagnóstico de Memória do Windows
O Windows possui uma ferramenta integrada de teste de memória chamada Diagnóstico de Memória do Windows. Trata-se de uma ferramenta simples, mas geralmente eficaz para identificar problemas na RAM. Antes de iniciar, é crucial salvar todos os dados, pois será necessário reiniciar o computador.

Passo 1: Acesse a barra de pesquisa do Windows e digite “diagnóstico de memória”. Selecione a opção correspondente.

Passo 2: Na janela exibida, clique na primeira opção para reiniciar automaticamente o computador.

Passo 3: Após o reinício, uma tela azul informará que a RAM está sendo testada, processo que leva de 15 a 30 minutos.

Passo 4: Ao término do teste, o computador reiniciará para o Windows. Após o login, uma notificação indicará se a RAM passou no teste. Em caso de falha, significa que a RAM está instável e deve ser substituída.

MemTest86
Se o computador passar no Diagnóstico de Memória do Windows, mas ainda suspeitar de problemas na RAM, é recomendável utilizar o MemTest86, um teste abrangente desenvolvido pela PassMark. Similar ao Diagnóstico de Memória do Windows, este teste é executado fora do ambiente Windows, impossibilitando o uso do computador durante o processo. Tudo o que é necessário para o MemTest86 é um dispositivo de armazenamento USB, que será formatado, portanto, certifique-se de não ter dados importantes no dispositivo.

Passo 1: Baixe a versão gratuita do MemTest86 no site da PassMark, obtendo um arquivo .zip.

Passo 2: Descompacte o arquivo .zip e copie/cole seu conteúdo em uma nova pasta.

Passo 3: Conecte o dispositivo de armazenamento USB e execute o imageUSB.exe. Novamente, o dispositivo será formatado, então assegure-se de não ter dados importantes nele.

Passo 4: Na parte superior da janela, selecione o dispositivo de armazenamento desejado para o MemTest86. Em seguida, localize o botão “Write” na parte inferior e selecione-o. O programa solicitará confirmação, pois essa etapa formata o dispositivo. Após cerca de um minuto, uma notificação indicará que a imagem está completa, indicando que o dispositivo está pronto para usar o MemTest86. Antes de prosseguir, salve todos os dados, pois o computador será reiniciado em breve.

Passo 5: Inicialize a partir do dispositivo USB. Na barra de pesquisa do Windows, procure por “inicialização avançada”, que deve exibir as “opções avançadas de inicialização”. Selecione esta opção.

Passo 6: Na tela rotulada como “inicialização avançada”, clique no botão “Reiniciar agora”. O computador será reiniciado.

Passo 7: Após o reinício, a tela de recuperação do Windows será exibida. Clique em “Escolher um dispositivo” e selecione o dispositivo USB, possivelmente chamado de “UEFI: Dispositivo Removível”.

Passo 8: O MemTest86 será carregado, iniciando o teste imediatamente. O processo pode levar aproximadamente três horas, portanto, seja paciente.

Passo 9: Ao término do teste, uma mensagem indicará se a RAM foi aprovada ou reprovada. Em caso de falha, é necessário substituir a RAM, possivelmente por uma das melhores opções para jogos.

Se a RAM não passar em nenhum dos testes, está instável ou defeituosa. Existem algumas soluções que podem ser consideradas.

Primeiramente, se a RAM estiver sendo overclocked, pode ter ocorrido um overclock excessivo, sendo necessário reverter as configurações. Restaure a RAM para a velocidade e timings padrão ou reduza o overclock e realize um novo teste. O overclocking da RAM é delicado, e até mesmo um pequeno overclock pode tornar a RAM instável. Se enfrentar dificuldades com o overclock, consulte nosso guia.

Se não houver alterações na RAM, pode existir uma incompatibilidade de sistema. Embora a RAM seja compatível com qualquer placa-mãe correspondente, nem toda RAM é compatível com todos os sistemas. Cada placa-mãe geralmente possui uma lista de kits de RAM confirmados para funcionar corretamente. Se o computador estiver apresentando problemas nas configurações padrão, experimente reduzir a velocidade da RAM para aumentar a estabilidade, seguindo nosso guia de overclocking de RAM e diminuindo a velocidade do clock. Isso resultará em uma perda de desempenho, mas é preferível a um computador instável.

Se a RAM for confirmada como compatível com a placa-mãe, se estiver usando um laptop ou um PC pré-montado sem modificações, ou se os problemas de instabilidade surgiram repentinamente, a RAM pode estar falhando. Se você comprou e instalou a RAM no seu próprio PC, e ela ainda estiver na garantia, é possível obter um novo kit do fabricante. No caso de laptops ou PCs pré-montados sem alterações, pode ser necessário obter uma substituição ou reparo no local onde adquiriu o computador.

Outra opção é substituir a RAM por conta própria. Para desktops pré-montados que utilizam peças padrão (como desktops da Maingear e CyberPower, por exemplo) ou se você montou o seu próprio PC, compre outro kit de RAM validado para a sua placa-mã

e e instale-o conforme o procedimento padrão. Se o computador for pré-montado com peças proprietárias (como desktops da HP e Dell) ou se for um laptop, provavelmente será necessário um kit de RAM certificado pela OEM. Esses kits podem ser mais difíceis de encontrar, portanto, realize uma pesquisa adequada antes da compra.

Deixe um comentário